Do nacionalismo cultural ao anti-hitlerismo: a evolução dos escritos políticos de Thomas Mann (1914 - 1945)

Nome: Wander Luiz Demartini Nunes
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 21/07/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Geraldo Antonio Soares Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Aldieris Braz Amorim Caprini Examinador Externo
Fabio Muruci dos Santos Examinador Externo
Geraldo Antonio Soares Orientador
Josemar Machado de Oliveira Examinador Interno

Resumo: O presente trabalho pretende analisar a evolução dos escritos políticos de Thomas Mann e sua relação com o contexto que vai de 1914 a 1945. As obras do período da Primeira Guerra Mundial serão comparadas aos escritos contemporâneos à República de Weimar e às obras de seus tempos de exílio, iniciado em 1933 com a ascensão do III Reich. Busco entender como Mann, um defensor ferrenho da causa alemã até 1918, não seguiu também o fluxo de movimentos extremados, como o nacional-socialismo, mas, em vez disso, tornou-se um opositor de Hitler e colocou seu serviço intelectual na luta contra o nazismo, quando se tornou um dos principais nomes dos emigrados e, através do rádio, fez com que sua voz chegasse até à Alemanha mais uma vez.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910